Encomendas processadas no nosso armazém em menos de 24 horas.
Enviamos amostras ou ofertas com todas as encomendas.
Após saírem do nosso armazém serão entregues no prazo normal de 1 a 2 dias úteis em Portugal continental.

MENU
Toggle Nav

Síndrome Pré-Menstrual

A Síndrome Pré-Menstrual (SPM) é um estado caraterizado por um conjunto específico de sintomas que afeta muitas mulheres, sensivelmente uma semana antes do aparecimento da menstruação.

Cerca de 75% das mulheres em idade fértil sofrem desta síndrome. A SPM é um fenómeno recorrente que se manifesta durante a fase luteínica do ciclo menstrual e desaparece normalmente com o término da menstruação. É caracterizada por alterações físicas, psicológicas e comportamentais, que condicionam as relações interpessoais.

Causas

  • Alterações hormonais;
  • Antecedentes familiares;
  • Depressão;
  • Stresse;
  • Dieta desequilibrada [possíveis deficiências em Vitamina E, Piridoxina (Vitamina B6), Magnésio];
  • Alterações hormonais ao longo do ciclo menstrual;
  • Alterações metabólicas (possível deficiência em prostaglandinas).

Sinais e Sintomas

  • Irritabilidade;
  • Ansiedade;
  • Tensão;
  • Depressão;
  • Fadiga;
  • Retenção de líquidos;
  • Hipersensibilidade dos seios;
  • Cefaleias;
  • Alterações do sono;
  • Dores nas costas;
  • Dores no baixo-ventre e distensão abdominal;
  • Desejos alimentares;
  • Incapacidade de concentração;
  • Baixa autoestima;
  • Falta de energia;
  • Obstipação ou diarreia.

Diagnóstico

Presença de, pelo menos, 5 sintomas associados às perdas menstruais, durante 2 episódios consecutivos.

Medidas a adotar

  • Fazer refeições leves à base de frutas, vegetais, legumes e cereais integrais;
  • Incluir soja e seus derivados na alimentação;
  • Evitar o consumo de cafeína, refrigerantes e bebidas alcoólicas;
  • Reduzir o consumo de sal e gorduras saturadas;
  • Preferir peixe e soja às carnes vermelhas e moderar o consumo de produtos lácteos;
  • Praticar exercício físico regularmente (andar 30 minutos por dia a pé, praticar natação ou fazer alongamentos e exercícios aeróbicos, entre outros);
  • Fazer um registo diário dos sintomas e menstruações por um período mínimo de 2 meses, de modo a padronizá-los e correlacioná-los;
  • Não fumar;
  • Tentar evitar situações de stresse.

Nutrientes e plantas que podem ajudar

Vitamina B6, vitamina E, cálcio, magnésio, zinco, óleo de onagra, agno-casto ou pimenteiro silvestre, dong quai, soja, cimicifuga, ómega 3, ómega 6, óleos de peixe, L-teanina, metionina, entre outros.

Esta ficha é apenas informativa, não dispensando o conselho do seu médico ou técnico de saúde.
Para qualquer esclarecimento adicional contacte tel.: 21 854 31 21 ou e-mail: [email protected]