BLACK WEEK ONLINE!
Utilize o código BLACKWEEK15 e obtenha 15% de desconto na sua compra
Amostras ou ofertas em todas as encomendas
MENU
Toggle Nav

Curcuma - Descubra os seus benefícios

Nutrição

A curcuma (Curcuma longa) também conhecida como açafrão da índia, açafrão-da-terra, gengibre-amarelo ou turmeric, é uma raiz que pertence à família das zingiberáceas. Este pequeno arbusto trepador, nativo da floresta asiática, especialmente da Índia, é amplamente cultivado em climas tropicais.

A sua cor alaranjada provém da presença de compostos fenólicos denominados curcuminoides. A curcumina é o principal curcuminoide que se encontra na curcuma (75%) daí que, de um modo geral, seja considerada o seu composto ativo. Além deste, também são encontrados outros curcuminoides como a demetoxicurcumina (10-20%) e a bisdemetoxicurcumina (menos de 5%).

ALGUNS PRODUTOS

Curcuma Biológica

Shot Biológico de Curcuma.

Infusão de Curcuma.

PROPRIEDADES TERAPÊUTICAS

Esta raiz, conhecida pelo seu sabor amargo e cor dourada, tem vindo a ganhar uma grande notoriedade na Europa nos últimos anos. No entanto, tem sido utilizada há séculos, não só para conferir um sabor exótico a uma variedade de receitas, como devido às suas inúmeras propriedades terapêuticas. A medicina tradicional chinesa e Ayurvédica (que procura a harmonia entre o corpo, a mente e a alma) usam-na como antidispéptica, para aliviar a dor e a sensação desagradável relacionada com a função digestiva; carminativa, para atenuar o desenvolvimento de gases intestinais; colerética, para estimular a secreção de bílis; espasmolítica, para inibir os espasmos musculares; e hepatoprotetora, para proteger a saúde do fígado.

O seu uso é indicado no auxílio do processo digestivo, uma vez que estimula as secreções digestivas e diminui a formação de gases em casos de disquinesias hepatobiliares, hepatites e cólicas gastrointestinais. São-lhe ainda atribuídas propriedades antiagregante plaquetária e antioxidante, estando também descritos benefícios da sua administração na prevenção de hiperlipidemias (níveis elevados de colesterol e/ou triglicéridos), arteriosclerose e tromboembolias.

PROPRIEDADES ANTI-INFLAMATÓRIAS

Recentemente, o interesse tem vindo a centrar-se nas suas propriedades anti-inflamatórias. Vários estudos têm sido realizados neste sentido, permitindo a sua inclusão em diversos suplementos alimentares indicados como coadjuvantes no tratamento de artrites e de outras condições inflamatórias do foro reumatológico.

As suas propriedades anti-inflamatórias e antibacterianas também parecem trazer benefícios em determinados problemas de pele, como eczema e acne.

OUTROS ESTUDOS

Finalmente, alguns estudos sugerem uma ação antimutagénica associada aos seus compostos ativos. No entanto, serão necessárias novas pesquisas para que se comprove qualquer ação anticancerígena desta raiz.

Existem inúmeros estudos que propõem diversas propriedades à curcuma. Os mais significativos apontam para o efeito hepatoprotetor, isto é, sugerem que esta planta tenha a capacidade de ajudar a manter a saúde do fígado e ainda prevenir a acumulação de gorduras neste órgão.

Algumas evidências apontam ainda para as propriedades antioxidantes desta raiz, que eventualmente podem justificar a sua utilização na manutenção de um sistema imunitário eficaz e numa pele saudável.

Há ainda outras propriedades interessantes da curcuma que têm vindo a ser estudadas, como a sua contribuição para o suporte do sistema nervoso, o auxílio na manutenção da função respiratória normal, nomeadamente dos pulmões e do trato respiratório superior e ainda como suporte na produção sanguínea, auxiliador da função cardíaca e da circulação.

Um outro ensaio sugeriu que a curcuma tenha efeito positivo na estimulação do apetite, o que pode ser interessante para quem sofre de falta de apetite.

PRESENÇA ATIVA NA COZINHA

A suplementação em curcuma é interessante em determinadas situações, onde se pretende alcançar um objetivo específico em termos de saúde, uma vez que os compostos ativos se encontram mais disponíveis. No entanto, o seu consumo fresco ou em pó, traz igualmente benefícios para a saúde em geral.

Esta raiz pode ser adicionada, em quantidades moderadas devido ao seu sabor intenso, a sopas, receitas com feijão e vegetais, sobremesas, ficando especialmente bem em pratos de arroz e de peixe.

Se ainda não sabe como introduzir a curcuma na sua alimentação, deixamos algumas sugestões às quais não vai conseguir resistir, não só pelos múltiplos benefícios para a saúde, como também pelo seu sabor inigualável.

SUGESTÃO DE RECEITA - MACARONS RAE DE COCO E CURCUMA

MACARONS RAW DE COCO E CURCUMA

Vai precisar de coco ralado, curcuma, canela, gengibre, cardamomo, pimenta preta, xarope de agave e óleo de coco para unir todos os ingredientes.

A preparação não podia ser mais fácil: Basta juntar todos os ingredientes num processador e picar tudo até obter uma massa homogénea fácil de moldar. As quantidades e cada ingrediente variam de acordo com o seu gosto pessoal. Esta receita não precisa de ir ao forno nem de qualquer fonte de calor.

Adicionalmente, pode, no final, derreter chocolate negro e colocar por cima dos macarons.

NOTA FINAL


Apesar dos inúmeros benefícios que o consumo de curcuma pode trazer para a saúde, está contraindicado em casos de obstrução das vias biliares. Tome especial atenção se estiver a tomar suplementos com este composto já que poderá sentir desconforto gástrico. Para o evitar, tome suplementos à base de Açafrão-da-Índia às refeições.

JÁ SABIA?

Quando utilizar curcuma nos seus cozinhados, inclua sempre pimenta preta para retirar o máximo de benefícios desta raiz. 

A pimenta possui uma substância denominada piperina que aumenta consideravelmente a biodisponibilidade
da curcumina.