Encomendas processadas no nosso armazém em menos de 24 horas (úteis), salvo rutura de stock.
Após saírem do nosso armazém serão entregues no prazo normal de 1 a 2 dias úteis em Portugal continental
Amostras ou ofertas em todas as encomendas.
MENU
Toggle Nav

Shiatsu

Exercício

Shiatsu significa, literalmente, pressão com os dedos. É uma técnica de origem oriental que combina massagem, com pressão nos pontos de acupunctura. Teve a sua origem na Medicina Tradicional Chinesa e foi introduzida no Japão há cerca de 1500 anos. Inicialmente, era apenas utilizada como método de relaxamento. A sua utilização, como massagem de potencial terapêutico, foi desenvolvida no Japão no início deste século, combinando técnicas orientais com conhecimentos de fisiologia e anatomia ocidentais.
Baseia-se nas teorias de yin e yang e de energia vital (chi em chinês ou ki em japonês) que, de acordo com as mesmas, percorre todo o nosso corpo em canais denominados meridianos. Cada um destes está, por sua vez, associado a um orgão determinado. Desta forma, o fluxo equilibrado de chi por todos os meridianos contribui para a harmonia de todo o organismo.

Quando há desequilíbrio neste fluxo energético, a actuação em determinados pontos pode ser benéfica, desfazendo bloqueios ou outras alterações energéticas. Enquanto a acupunctura actua com a utilização de agulhas, no shiatsu é a pressão que é usada.
Para o diagnóstico do estado energético da pessoa, o terapeuta pode observar a língua, a postura e o pulso (a observação deste é diferente da ocidental). Pode ainda ser efectuado um diagnóstico à região do hara (zona próxima do umbigo conhecida como o oceano de ki) que, por apalpação ligeira, permite determinar a qualidade e o equilíbrio energéticos de vários orgãos internos.

O shiatsu pode ser utilizado como técnica preventiva ou auxiliar para a manutenção do nosso bem-estar, ou ainda como adjuvante de outras terapêuticas. Pode revitalizar o organismo ou contribuir para o restabelecimento de uma condição mais saudável, pois promove a circulação de energia nos meridianos. Isto permite alimentar energeticamente os orgãos, o sangue e outros fluidos orgânicos, melhorar a circulação geral e muscular, estimular o sistema imunitário, ajudar a manter ou restaurar a flexibilidade articular e aumentar o estado de relaxamento. Pode ser eficaz nas situações de tensão e nas doenças relacionadas com o stress, insónia, dores nas costas, dores de cabeça e perturbações gástricas.

Há cerca de 450 praticantes no Reino Unido e alguns milhares em todo o mundo. Em Portugal, já existem alguns profissionais e são ministrados cursos que, segundo a sua duração, podem oferecer apenas uma abordagem em termos de massagem relaxante (normalmente com duração superior a 1 ano). Para obter mais informação sobre o shiatsu, existem alguns livros que pode utilizar; é o caso de Shiatsu, a massagem japonesa de Elaine Liechti, Editorial Estampa.

Pedro Lôbo do Vale
Médico