MENU
Toggle Nav

Reiki

Tem como objectivo desobstruir os canais de energia, garantindo o equilíbrio.
Comecemos pelo significado, Rei = Energia Universal e Ki = Força Vital. A energia circula em todos os seres através de numerosos canais que, por diversas razões, podem fi car obstruídos, originando um desequilíbrio.
De acordo com esta terapia alternativa, o Mestre de Reiki usa as suas mãos como canal de passagem da energia, desobstruindo as vias afectadas, restabelecendo o circuito natural de energia vital e repondo, consequentemente, o equilíbrio e a harmonia.

A transmissão de energia:

As origens do Reiki não são muito claras, mas pensa-se que deriva de práticas curativas de antigos monges tibetanos. Este sistema foi redescoberto pelo teólogo japonês Dr. Mikao Usui, no início do século XX, enquanto estudava num mosteiro budista. Durante um retiro espiritual diz-se ter recebido uma iniciação a esta arte, através das forças universais da vida.

A partir desse momento, Usui passou a ter a qualidade de transferir a energia Reiki e de ajudar outros seres humanos a tornarem-se canais dessa energia, ensinando a transmiti-la. Basicamente é este o objectivo desta terapia: a transmissão de energia.

Uma sessão de Reiki:

Em média, uma sessão de Reiki tem a duração de 60 minutos, durante os quais a pessoa que o aplica coloca as mãos sobre várias partes do corpo da pessoa que recebe a energia. Por vezes, o toque físico não é essencial. A finalidade é harmonizar e equilibrar o corpo daquele que recebe Reiki, quebrando os possíveis bloqueios de energia. Ou seja, o Reiki pode ajudar a recuperar a estabilidade ao equilibrar os chakras, que constituem os pontos de energia. De acordo com os seguidores desta técnica, esta fonte de energia é inesgotável, podendo uma pessoa aplicá-la em si mesma, e há também quem a aplique em animais e até em plantas.
Há quem recorra ao auxílio de cristais e de aromas para potenciar a aplicação de Reiki. Por exemplo, a ametista ou o quartzo rosa são considerados úteis devido às suas vibrações. Não existem limites para o número de sessões nem “contra-indicações” à prática do Reiki, porque se considera que o corpo só absorve a energia de que necessita.

Os benefícios:

A prática do Reiki permite a obtenção de estados de relaxamento profundo, a eliminação de bloqueios de energia e o aumento de vibrações energéticas corporais.

Segundo os adeptos desta técnica, o Reiki pode ser aplicado a pessoas saudáveis, como forma preventiva ou a pessoas com problemas, como coadjuvante de outras terapias. Existem relatos de que o Reiki tenha ajudado em casos de recuperação de problemas cardíacos e insónias. Esta prática conta cada vez com mais adeptos, que recorrem a esta terapia como forma de ajudar a aliviar estados de ansiedade e de stresse.

Como aprender a aplicar Reiki:

Em princípio, qualquer pessoa pode aprender Reiki e aplicá-lo, bastando para tal que o Mestre de Reiki inicie a pessoa na prática, transmitindo-lhe a energia através das suas mãos. Depois disso, essa pessoa pode transmitir essa mesma energia a outra pessoa. Tradicionalmente, existem três níveis de Reiki: o primeiro é dedicado a principiantes que assistem a um seminário, geralmente de dois dias, onde aprendem os fundamentos do Reiki e recebem, pela primeira vez, esta fonte de energia; o segundo, com uma duração de cerca de dois dias, destina-se àqueles que já praticam o primeiro nível pelo menos há três meses. Nesta etapa, os praticantes aprendem várias técnicas de aplicação de Reiki e fortalecem as suas capacidades, aprendendo, por exemplo, a transmissão de energia à distância; o terceiro é considerado o nível de Mestre. Tem a duração de cerca de um ano e destina-se
a pessoas que praticam o segundo nível há pelo menos um ano. Estas pessoas fi cam qualifi cadas a ensinar Reiki. Pode não ser fácil para muitas pessoas aceitar como válidos os benefícios da prática do Reiki, por considerarem os seus princípios pouco plausíveis ou científicos.

No entanto, não esqueçamos que o estilo de vida actual tem consequências graves, provocando desequilíbrios no nosso organismo. O stresse ou a ansiedade são apenas algumas dessas consequências. Assim, uma terapia que promova a estabilidade, a harmonia e o equilíbrio será, inquestionavelmente, relevante.

Em Portugal existem locais especializados onde se praticam sessões de Reiki e onde se realizam seminários periodicamente.