Encomendas processadas no nosso armazém em menos de 24 horas (úteis), salvo rutura de stock.
Após saírem do nosso armazém serão entregues no prazo normal de 1 a 2 dias úteis em Portugal continental.
Amostras ou ofertas em todas as encomendas.

MENU
Toggle Nav

Como "limpar" as artérias

Bem-Estar

O sangue arterial leva oxigénio a todas as células, tecidos e órgãos.
Garanta a sua saúde e saiba como eliminar os obstáculos que interferem com a corrente sanguínea.

Quando surgem obstáculos nos vasos sanguíneos a impedir uma boa circulação do sangue arterial, estamos perante um problema de saúde que é uma das principais causas de morte no mundo: a aterosclerose.

ATEROSCLEROSE

O QUE É: Resulta da deposição de colesterol, em forma de placa, nas paredes internas das artérias.

O QUE PROVOCA: Diminui a área dos vasos sanguíneos, o que dificulta a circulação do sangue.

ONDE PODE OCORRER: Em qualquer artéria do corpo: nas coronárias (irrigam o coração), nas cerebrais (irrigam o cérebro), nas hepáticas (irrigam o fígado), etc.

CAUSAS: Fatores como a existência de hipertensão, hábitos tabágicos, diabetes, colesterol elevado, doenças que provocam o aumento da coagulação sanguínea, o uso de certos medicamentos e, possivelmente, infeções do revestimento interno das artérias, poderão agravar esta propensão para a lesão arterial.

DA ATEROSCLEROSE AO AVC

Quando os vasos sanguíneos são danificados (o que pode acontecer até em idades jovens) as plaquetas presentes no sangue reúnem-se no local do dano, a que se junta uma mistura de colesterol e outras gorduras, depósitos de cálcio e detritos (restos) celulares. É este aglomerado que provoca a inflamação da parede das artérias. Os glóbulos brancos são, então, ativados e conduzidos à zona lesada, para reparar o estrago.

Ao longo do tempo, forma-se uma capa fibrosa em volta dos depósitos de gordura que, por sua vez, podem continuar a aumentar de volume, levar ao bloqueio da circulação sanguínea e até provocar dor. Caso suceda a rutura destes aglomerados fibrosos, podem desenvolver- se coágulos sanguíneos que são, no fundo, a causa dos ataques cardíacos e dos acidentes vasculares cerebrais.

COMO PREVENIR

É fundamental dar atenção ao controlo da tensão arterial, dos níveis de colesterol, triglicéridos, homocisteína e níveis de glicose sanguíneos.

As mudanças no estilo de vida são essenciais, tal como praticar exercício físico diariamente e adotar uma alimentação saudável (o consumo regular de peixe gordo, rico em ómega-3, é particularmente protetor, em detrimento do consumo exagerado de carne vermelha).

Muitas vezes, sugere-se a toma diária de uma dosagem baixa de ácido salicílico (encontra-se naturalmente presente nos mirtilos e no salgueiro, por exemplo). O objetivo é inibir, de certa forma, a coagulação sanguínea, para reduzir risco de ter um ataque cardíaco (no caso de doença coronária arterial, ou nas pessoas com fatores de risco significativo). A toma de arroz vermelho fermentado (rico em monacolina K, associada à manutenção de níveis normais de colesterol no sangue) também pode contribuir para a inibição da aterosclerose.

Assim como a exfoliação da pele a torna mais limpa e macia, a preferência por certos alimentos pode revelar-se protetora para as suas artérias, “promovendo a sua limpeza”. De forma geral, para que as suas artérias fiquem em bom estado, não podem faltar à refeição alimentos com abundância de compostos antioxidantes, substâncias com propriedades anti-inflamatórias e alimentos fonte de fibra.

Para manter uma boa qualidade de vida e a saúde das suas artérias, pratique exercício físico diariamente e adote uma alimentação saudável.